quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O QUE É UM ENVELHESCENTE

Às (aos) colegas que não estiveram presentes à aula de português hoje,
vos brindo com este texto do Mario Prata.

O QUE É UM ENVELHESCENTE?

Se você tem entre 45 e 65 anos, preste bastante atenção no que se segue. Se você for mais novo, preste também, porque um dia vai chegar lá. E, se já passou, confira.

Sempre me disseram que a vida do homem se dividia em quatro partes: infância, adolescência, maturidade e velhice. Quase correto. Esqueceram de nos dizer que entre a maturidade e a velhice (entre os 45 e os 65), existe a ENVELHESCÊNCIA.

A envelhescência nada mais é que uma preparação para entrar na velhice, assim com a adolescência é uma preparação para a maturidade. Engana-se quem acha que o homem maduro fica velho de repente, assim da noite para o dia. Não. Antes, a envelhescência. E, se você está em plena envelhecescência, já notou como ela é parecida com a adolescência? Coloque os óculos e veja como este nosso estágio é maravilhoso:

- Já notou que andam nascendo algumas espinhas em você? Notadamente na bunda?

- Assim como os adolescentes, os envelhescentes também gostam de meninas de vinte anos.

- Os adolescentes mudam a voz. Nós, envelhescentes, também. Mudamos o nosso ritmo de falar, o nosso timbre. Os adolescentes querem falar mais rápido; os envelhescentes querem falar mais lentamente.

- Os adolescentes vivem a sonhar com o futuro; os envelhescentes vivem a falar do passado. Bons tempos...

- Os adolescentes não têm ideia do que vai acontecer com eles daqui a 20 anos. Os envelhescentes até evitam pensar nisso.

- Ninguém entende os adolescentes... Ninguém entende os envelhescentes... Ambos são irritadiços, se enervam com pouco. Acham que já sabem de tudo e não querem palpites nas suas vidas.

- Às vezes, um adolescente tem um filho: é uma coisa precoce. Às vezes, um envelhescente tem um filho: é uma coisa pós-coce.

- Os adolescentes não entendem os adultos e acham que ninguém os entende. Nós, envelhescentes, também não entendemos eles. "Ninguém me entende" é uma frase típica de envelhescente.

- Quase todos os adolescentes acabam sentados na poltrona do dentista e no divã do analista. Os envelhescentes, também a contragosto, idem.

2 comentários:

  1. Pena não ter podido estar presente, esse texto deve ter dado boas reflexões e boas risadas, acredito!!Felizes os que passam por todas essas fases, não?

    ResponderExcluir
  2. Na verdade não foi este o texto apresentado. Mas as 3 crônicas escolhidas e apresentadas foram muito engraçadas. O Mario Prata é muito criativo e tm muitos trabalhos ótimos.

    ResponderExcluir

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.