Pular para o conteúdo principal

Uma oportunidade ímpar


A EA tem nos proporcionado oportunidades de conhecer pessoas ilustres de nossa sociedade. Hoje, durante a aula de Direito, o Dr João Marcus Adede y Castro esteve, a convite da Profª Karina Brunet, palestrando conosco sobre seus livros, sua maneira de ver o Direito em geral e o Direito Ambiental em particular. Dr João Marcos Adede y Castro ocupa a cadeira de nº 16 na Academia Santamariense de Letras da qual é seu atual presidente. É Professor da ULBRA e da FAPAS e exerceu a Promotoria de Justiça de Santa Maria durante 30 anos.
Sua visão da vida e do Direito prendeu nossa atenção durante os dois períodos de aula a ele concedidos. Segundo Adede, uma outra sociedade é possível e ela não se baseia na cultura da punição e, sim, no acesso universal à educação. Em outro momento, questionado sobre sua opinião sobre a pena de morte e a redução da idade penal colocou- se enfáticamente contra pois, segundo ele, se conseguirmos recuperar 40% dos 100% de apenados, evitando sua condenação à morte, poderemos dizer que estaremos cumprindo com o que determina a Constituição, cujo texto visa ser justo, certo e adequado. Quanto à redução da idade penal, disse ser contra pois esta seria uma forma simplista de resolver um problema social tornando maiores os menores delinquentes e, portanto passíveis de punição e encarceramento. Mais um momento especial na EA!

Comentários

  1. Concordo quanto à pena de morte, mas não quanto à maioridade penal, pois penso que, se o menor é capaz para cometer crimes, tem que ser responsabilizado por seus atos. A sociedade não pode pagar o preço da delinquência juvenil, embora todos saibamos que a solução está na educação e, possivelmente, na melhoria das condições sócio-econômicas da população (mesmo que nem todos os delinquentes são oriundos de famílias pobres).

    ResponderExcluir
  2. Xi...cometi alguns errinhos de concordância...me perdoem, não sei voltar para corrigir...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.

Postagens mais visitadas deste blog

Comemorar ou celebrar?

Encontrei na agenda da FAMES 2007 um texto muito interessante de autoria de Floriano Serra (Consultor de RH especializado em comportamento humano) que diferencia COMEMORAÇÃO de CELEBRAÇÃO.Vou reproduzir alguns trechos do artigo para suscitar uma reflexão.
"Comemorar e celebrar são a mesma coisa?...
...Comemoração, por exemplo, é interpretada e realizada como festa. Comemoram-se aniversários de nascimento, de casamento, de fundação, prêmios obtidos e momentos especiais...
...Em princípio, a celebração teria mais ou menos o mesmo sentido da comemoração mas hoje, no jargão organizacional, celebrar passa a ter um significado mais profundo, mais interativo, menos "festeiro"...
...Celebrar é compartilhar alegrias e vitórias , sem bandas e fanfarras.Celebra-se de modo discreto,quase silencioso,mas nem por isso menos intenso e verdadeiro.Para serem celebradas não precisam ser grandes alegrias e vitórias - até porque estas não têm tamanho ,peso nem altura. Ou são ou não são. Se são,…

Proteja o seu balão.

Na última quinta feira, tivemos uma aula extra de Gestão das Relações Humanas. O Prof. João Carlos nos surpreendeu com uma dinâmica que nos levou a encher balões, segurar um palito, fazer um círculo e jogando os balões para cima, mantê - los no ar, protejendo - os dos demais colegas. Passados alguns minutos, o professor nos instigou a atacar os demais balões com o intuito de afastar o "perigo" que eles significavam para o nosso balão. A partir daí foi um ataque geral, partimos com nossa "arma" para cima dos balões alheios e, um após outro, foram todos estourados.Feito isto, sentamo - nos e fizemos uma análise do nosso comportamento. Chegamos à conclusão de que demoramos para "agredir nossos adversários" porque, na realidade, não há competição entre nós, não nos vemos como adversários e, sim, como amigos, colegas. Em turmas de alunos mais jovens, segundo o professor, a iniciativa de furar o balão alheio, com o intuito de proteger o seu, é quase imediata.
Po…

DIA NACIONAL DO LIVRO

Um dos meios de comunicação mais  importante no processo de desenvolvimento do indivíduo, é o LIVRO.   O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro”, por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil. Foi transferida dia 29 de outubro de 1810.
O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga. O Portal Educar para Crescer da editora Abril elaborou uma lista de autores  brasileiros, para ler dos 2 aos 18 anos no site : http://educarparacrescer.abril.com.br/livros/ .
Nas aulas de Português ( com a professora Rogéria) e Memórias e Crônicas (com a professora Andrea), estamos desenvolvendo temas  em forma de poesias, contos e crônicas, com o intuito de serem publicados  tão logo possamos.
 Hoje eu deixo algumas frases de  bons autores de livros , ou de quem …