terça-feira, 17 de abril de 2012

Uma oportunidade ímpar


A EA tem nos proporcionado oportunidades de conhecer pessoas ilustres de nossa sociedade. Hoje, durante a aula de Direito, o Dr João Marcus Adede y Castro esteve, a convite da Profª Karina Brunet, palestrando conosco sobre seus livros, sua maneira de ver o Direito em geral e o Direito Ambiental em particular. Dr João Marcos Adede y Castro ocupa a cadeira de nº 16 na Academia Santamariense de Letras da qual é seu atual presidente. É Professor da ULBRA e da FAPAS e exerceu a Promotoria de Justiça de Santa Maria durante 30 anos.
Sua visão da vida e do Direito prendeu nossa atenção durante os dois períodos de aula a ele concedidos. Segundo Adede, uma outra sociedade é possível e ela não se baseia na cultura da punição e, sim, no acesso universal à educação. Em outro momento, questionado sobre sua opinião sobre a pena de morte e a redução da idade penal colocou- se enfáticamente contra pois, segundo ele, se conseguirmos recuperar 40% dos 100% de apenados, evitando sua condenação à morte, poderemos dizer que estaremos cumprindo com o que determina a Constituição, cujo texto visa ser justo, certo e adequado. Quanto à redução da idade penal, disse ser contra pois esta seria uma forma simplista de resolver um problema social tornando maiores os menores delinquentes e, portanto passíveis de punição e encarceramento. Mais um momento especial na EA!

2 comentários:

  1. Concordo quanto à pena de morte, mas não quanto à maioridade penal, pois penso que, se o menor é capaz para cometer crimes, tem que ser responsabilizado por seus atos. A sociedade não pode pagar o preço da delinquência juvenil, embora todos saibamos que a solução está na educação e, possivelmente, na melhoria das condições sócio-econômicas da população (mesmo que nem todos os delinquentes são oriundos de famílias pobres).

    ResponderExcluir
  2. Xi...cometi alguns errinhos de concordância...me perdoem, não sei voltar para corrigir...

    ResponderExcluir

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.