Pular para o conteúdo principal

Diversão e solidariedade na EA.

Em 2011 comemoramos os 15 anos da EA com várias atividades lúdicas dentre as quais destaco as tardes dedicadas a temas variados. Fizemos a Tarde do Chapéu, a Tarde do Cachecol, a Tarde GreNal, entre outras. Vamos retomar esses temas e escolher outros novos com o objetivo de integrar nossas duas turmas ao mesmo tempo que arrecadamos donativos. A ideia é portar um chapéu, de qualquer modelo, época ou estilo e fotografar o grupo em alguns pontos específicos do colégio. Por outro lado, temos este ano, incluindo as duas turmas, várias colegas com nomes idênticos ou semelhantes.Vamos registrar isto fotografando estas colegas em grupos separados para verificar quantas Marias, Carmens, Sonias, Luizas, Nadires, só para citar algumas coincidências e, quantas semelhanças como Izara, Islair, Dirlane, Dirlene, Dilene e, também isoladamente aquelas cujos nomes são únicos como Lia, Glória, Dalva e Djalma, por exemplo. Acredito que será um momento interessante e alegre, ao mesmo tempo que solidário pois aliado a esta atividade vamos recolher, durante esta semana, material de higiene pessoal como sabonete, pasta de dente, escova de dente, papel higiênico e álcool que serão entregues a IDEA Junior FAMES, empresa Junior dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis para serem doados a Escola Francisco Lisboa e Asilo Vila Itagiba.
A foto é de 2011, vamos ver como nos saímos em 2012.
A EA não é só diversão, é solidariedade também!!

Comentários

  1. Lideradas por ti e tuas ideias geniais, sempre temos nobos bons momentos. Mesmo em reprise, sempre acrescentas algo novo. Parabéns Sonia, estamos muito bem servidos nessa liderança!

    ResponderExcluir
  2. O tico e o teco ainda funcionam, meio lentos mas...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.

Postagens mais visitadas deste blog

Comemorar ou celebrar?

Encontrei na agenda da FAMES 2007 um texto muito interessante de autoria de Floriano Serra (Consultor de RH especializado em comportamento humano) que diferencia COMEMORAÇÃO de CELEBRAÇÃO.Vou reproduzir alguns trechos do artigo para suscitar uma reflexão.
"Comemorar e celebrar são a mesma coisa?...
...Comemoração, por exemplo, é interpretada e realizada como festa. Comemoram-se aniversários de nascimento, de casamento, de fundação, prêmios obtidos e momentos especiais...
...Em princípio, a celebração teria mais ou menos o mesmo sentido da comemoração mas hoje, no jargão organizacional, celebrar passa a ter um significado mais profundo, mais interativo, menos "festeiro"...
...Celebrar é compartilhar alegrias e vitórias , sem bandas e fanfarras.Celebra-se de modo discreto,quase silencioso,mas nem por isso menos intenso e verdadeiro.Para serem celebradas não precisam ser grandes alegrias e vitórias - até porque estas não têm tamanho ,peso nem altura. Ou são ou não são. Se são,…

Proteja o seu balão.

Na última quinta feira, tivemos uma aula extra de Gestão das Relações Humanas. O Prof. João Carlos nos surpreendeu com uma dinâmica que nos levou a encher balões, segurar um palito, fazer um círculo e jogando os balões para cima, mantê - los no ar, protejendo - os dos demais colegas. Passados alguns minutos, o professor nos instigou a atacar os demais balões com o intuito de afastar o "perigo" que eles significavam para o nosso balão. A partir daí foi um ataque geral, partimos com nossa "arma" para cima dos balões alheios e, um após outro, foram todos estourados.Feito isto, sentamo - nos e fizemos uma análise do nosso comportamento. Chegamos à conclusão de que demoramos para "agredir nossos adversários" porque, na realidade, não há competição entre nós, não nos vemos como adversários e, sim, como amigos, colegas. Em turmas de alunos mais jovens, segundo o professor, a iniciativa de furar o balão alheio, com o intuito de proteger o seu, é quase imediata.
Po…

DIA NACIONAL DO LIVRO

Um dos meios de comunicação mais  importante no processo de desenvolvimento do indivíduo, é o LIVRO.   O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro”, por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil. Foi transferida dia 29 de outubro de 1810.
O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga. O Portal Educar para Crescer da editora Abril elaborou uma lista de autores  brasileiros, para ler dos 2 aos 18 anos no site : http://educarparacrescer.abril.com.br/livros/ .
Nas aulas de Português ( com a professora Rogéria) e Memórias e Crônicas (com a professora Andrea), estamos desenvolvendo temas  em forma de poesias, contos e crônicas, com o intuito de serem publicados  tão logo possamos.
 Hoje eu deixo algumas frases de  bons autores de livros , ou de quem …