Pular para o conteúdo principal

Adultos EnCanto - breve relato.

O Coral Adultos EnCanto surgiu como uma atividade da Oficina de Canto da Escola para Adultos, nos idos de 1996. Aos poucos o grupo foi tomando gosto pela música e surgiu a ideia de formar um coral. No princípio tivemos a orientação da profª Nizel Kölling que, pacientemente, nos iniciou no conhecimento da música cantada em grupo - o canto coral. Sem a pretensão de formarmos um coral técnico, começamos a cantar músicas simples, em uníssono e, aos poucos, fomos tentando arranjos um pouco mais elaborados. O gosto pela música foi se solidificando entre os componentes do coral. Fizemos algumas apresentações em eventos do Colégio Centenário, da Faculdade Metodista, na cidade e em cidades vizinhas sempre com a consciência de que, à medida em que os convites apareciam, maior era a nossa responsabilidade. Neste ínterim nossa regente, Profª Nizel, aposentou-se e foi com grande temor que ficamos na expectativa de que rumos tomaria o coral. Foi então que em 2008 o Prof. Renato começou a reger o nosso grupo, permanece conosco até hoje. Ainda não atingimos o nível que desejamos pois as limitações da idade, do tempo dedicado aos ensaios, do tempo disponível do regente dificultam um progresso maior. Sabemos de uma coisa, com toda a certeza, adoramos cantar, fazemos dentro da nossa possibilidade o nosso melhor. Ao lado, à direita, a playlist com as músicas que fazem parte do repertório do coral.  As fotos mostram o grupo atual em uma das muitas apresentações na Gare da Viação Férrea, no Seminário de Educação e na FAMES, três momentos de 2011.

Comentários

  1. Gostei muito da postagem histórica, assim os novos ficam sabendo como tudo começou.
    E a colega também aplicou seus conhecimentos de Informática , adquiridos nas aulas com o prof CADU. Obrigada colega Sonia Tolfo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.

Postagens mais visitadas deste blog

Comemorar ou celebrar?

Encontrei na agenda da FAMES 2007 um texto muito interessante de autoria de Floriano Serra (Consultor de RH especializado em comportamento humano) que diferencia COMEMORAÇÃO de CELEBRAÇÃO.Vou reproduzir alguns trechos do artigo para suscitar uma reflexão.
"Comemorar e celebrar são a mesma coisa?...
...Comemoração, por exemplo, é interpretada e realizada como festa. Comemoram-se aniversários de nascimento, de casamento, de fundação, prêmios obtidos e momentos especiais...
...Em princípio, a celebração teria mais ou menos o mesmo sentido da comemoração mas hoje, no jargão organizacional, celebrar passa a ter um significado mais profundo, mais interativo, menos "festeiro"...
...Celebrar é compartilhar alegrias e vitórias , sem bandas e fanfarras.Celebra-se de modo discreto,quase silencioso,mas nem por isso menos intenso e verdadeiro.Para serem celebradas não precisam ser grandes alegrias e vitórias - até porque estas não têm tamanho ,peso nem altura. Ou são ou não são. Se são,…

Proteja o seu balão.

Na última quinta feira, tivemos uma aula extra de Gestão das Relações Humanas. O Prof. João Carlos nos surpreendeu com uma dinâmica que nos levou a encher balões, segurar um palito, fazer um círculo e jogando os balões para cima, mantê - los no ar, protejendo - os dos demais colegas. Passados alguns minutos, o professor nos instigou a atacar os demais balões com o intuito de afastar o "perigo" que eles significavam para o nosso balão. A partir daí foi um ataque geral, partimos com nossa "arma" para cima dos balões alheios e, um após outro, foram todos estourados.Feito isto, sentamo - nos e fizemos uma análise do nosso comportamento. Chegamos à conclusão de que demoramos para "agredir nossos adversários" porque, na realidade, não há competição entre nós, não nos vemos como adversários e, sim, como amigos, colegas. Em turmas de alunos mais jovens, segundo o professor, a iniciativa de furar o balão alheio, com o intuito de proteger o seu, é quase imediata.
Po…

DIA NACIONAL DO LIVRO

Um dos meios de comunicação mais  importante no processo de desenvolvimento do indivíduo, é o LIVRO.   O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro”, por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil. Foi transferida dia 29 de outubro de 1810.
O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga. O Portal Educar para Crescer da editora Abril elaborou uma lista de autores  brasileiros, para ler dos 2 aos 18 anos no site : http://educarparacrescer.abril.com.br/livros/ .
Nas aulas de Português ( com a professora Rogéria) e Memórias e Crônicas (com a professora Andrea), estamos desenvolvendo temas  em forma de poesias, contos e crônicas, com o intuito de serem publicados  tão logo possamos.
 Hoje eu deixo algumas frases de  bons autores de livros , ou de quem …