sexta-feira, 16 de março de 2012

Comemorar ou celebrar?


Encontrei na agenda da FAMES 2007 um texto muito interessante de autoria de Floriano Serra (Consultor de RH especializado em comportamento humano) que diferencia COMEMORAÇÃO de CELEBRAÇÃO.Vou reproduzir alguns trechos do artigo para suscitar uma reflexão.
"Comemorar e celebrar são a mesma coisa?...
...Comemoração, por exemplo, é interpretada e realizada como festa. Comemoram-se aniversários de nascimento, de casamento, de fundação, prêmios obtidos e momentos especiais...
...Em princípio, a celebração teria mais ou menos o mesmo sentido da comemoração mas hoje, no jargão organizacional, celebrar passa a ter um significado mais profundo, mais interativo, menos "festeiro"...
...Celebrar é compartilhar alegrias e vitórias , sem bandas e fanfarras.Celebra-se de modo discreto,quase silencioso,mas nem por isso menos intenso e verdadeiro.Para serem celebradas não precisam ser grandes alegrias e vitórias - até porque estas não têm tamanho ,peso nem altura. Ou são ou não são. Se são, devem ser celebradas.
Você celebra, por exemplo,quando manifesta claramente que reconhece a importância ou a qualidade de um colega. ...Talvez poucas formas de celebração sejam tão poderosas quanto o reconhecimento de um trabalho bem feito, uma ação meritória ou uma atitude digna. ...
As comemorações agradam ao ego; as celebrações agradam ao espírito. ...
...Por fim, é importante destacar que, mesmo com tantas diferenças práticas, há algo em comum e, essencial entre comemoração e celebração. ... em ambas, comemoração e celebração, é absolutamente indispensável a presença do sorriso que sai do coração. ...
Temos razões de sobra para comemorar e celebrar na EA, quer sejam nossos aniversários quer seja a dedicação de colegas na organização das nossas comemorações.
Celebremos, em particular a dedicação da Dina, da Lia, da Avani, da Geny, da Leni e da Leontina que, cada uma a seu modo, tem contribuido para o bom andamento da EA.
Celebremos a dedicação da Direção, da Coordenação, dos Professores, dos Estagiários e dos Funcionários da Instituição.
Celebremos a nossa convivência harmoniosa ao longo desses 15 anos.



4 comentários:

  1. Muito oportuna esta diferenciação entre comemoração e celebração, e como escreveste Sonia, em nossa EA temos as duas situações.
    Obrigada pela lembrança dos organizadores todos, isto é muito mais que um elogio, é o estímulo para novas realizações. E, lógico, tu estás na frente de tudo isto também!!!

    ResponderExcluir
  2. É claro que sem a adesão,compreensão e correspondência de todos os colegas não aconteceria nada disso.

    ResponderExcluir
  3. Entre ambas, prefiro celebrar. Porque, celebramos à vida, às conquistas, ao nascimento de um filho, e assim por diante.
    Acredito que nós temos muito a celebrar

    ResponderExcluir
  4. Celebremos sobretudo pela oportunidade que a vida nos oferece, podendo compartilhar todos esses momentos, sejam de comemoração ou celebração, com pessoas tão especiais como as que fazem parte da família EA, colegas, colaboradores, professores,direção...À nossa líder de turma Sônia cuja capacidade de agregar dispensa comentários, deixo meu reconhecimento, pois com sua dedicação e trabalho transforma idéias em acontecimentos...

    ResponderExcluir

Gostou do que leu? Comente, seu comentário vai nos deixar muito felizes.